domingo, 28 de julho de 2013

REUNIÃO GERAL DA AMUSEP EM ATALAIA


28 prefeitos e prefeitas estiveram na reunião geral itinerante de Atalaia, para aprovação do Estatuto Social e posse do Conselho Diretor do Consórcio Público Intermunicipal para o Desenvolvimento Sustentável da Região do Vale Médio Ivaí do Estado do Paraná (CIMEIV), integrado pelos municípios de Floresta, Itambé, Mandaguari, Marialva, Ivatuba, Maringá e Sarandi.

A reunião cumpriu a pauta e teve a participação espontânea de vários prefeitos e prefeitas, demonstrando união e interesse em torno dos temas de interesse dos municípios e da região. A reunião foi aberta pelo prefeito anfitrião, Fábio Fumagalli Vilhena de Paiva. 

O presidente Edgar Silvestre (Deca), prefeito de Marialva, fez um breve relato das atividades da Amusep, em julho, e anunciou que a Amusep recebeu um terreno de seis mil metros no Novo Centro Cívico de Maringá, para a construção da sua sede própria. O projeto está em execução e a obra deverá ser iniciada ainda esse ano.

O engenheiro agrônomo José Sérgio Righetti, da Emater, membro da Comissão Regional de Segurança Alimentar e Nutricional (Coresan), apresentou aos prefeitos e prefeitas os passos para implantação do Sistema de Informação de Segurança Alimentar

Prefeitos foram empossados oficialmente como presidentes das juntas militares. A cerimônia foi realizada pelo Exército Brasileiro, com o comando do Tiro de Guerra de Nova Esperança, capitão José Carlos Scarpari. O cerimonial foi feito pelo sargento Santos Silva. A bandeira foi conduzida pelo monitor Giliadi.

A próxima reunião geral foi marcada para o dia 30 de agosto, na Amusep, em Maringá.

Confira.












Fonte:
https://www.facebook.com/media/set/?set=a.595458987171817.1073741892.500812743303109&type=1
http://blogs.odiario.com/dinizneto/2013/07/27/amusep-realiza-reuniao-geral-em-atalaia/

4 comentários:

  1. Parabéns pelo blog, sempre atento às notícias de Ivatuba e da nossa região. Obrigado por publicar as informações da Amusep, a associação dos nossos municípios da região.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Diniz Neto...e igualmente a vc. Abçs

      Excluir
  2. Fátima , tenho uma dúvida , gostaria de esclarecimento, o Estado pode emprestar um funcionário para uma entidade privada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até onde eu sei, não pode. Entretanto, cada caso é um caso. É preciso ver em que condições, como e porque esse funcionário está a serviço de uma entidade privada, bem como se essa entidade privada não é uma empresa mista. Regra geral, ao servidor público é vedado participar de gerência ou administração de empresa privada, de sociedade civil ou exercer comércio, e nessa qualidade, transacionar com o Município, bem como utilizar pessoal ou recursos materiais de repartição em serviços ou atividade particulares. Ou seja, é preciso saber os detalhes para que se possa enquadrar nas proibições legais. Obrigada por participar. Volte sempre. Abçs

      Excluir